PRERROGATIVAS, UMA QUESTÃO DE JUSTIÇA!

MATO GROSSO

Newsletter


Ir para opção de Cancelamento

Agenda de Eventos

Novembro de 2018 | Ver mais
D S T Q Q S S
# # # # 1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 #

Notícia | mais notícias

OAB-MT se solidariza com advogada do RJ que sofreu desrespeito ao ser algemada e presa durante exercício profissional

11/09/2018 15:02 | Prerrogativas
 
    A Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT) solidariza-se com a advogada do Rio de Janeiro Valério Lúcia dos Santos, que foi vítima de flagrante desrespeito às garantias legais da advocacia ao ser algemada e presa no exercício da profissão durante uma audiência no município de Duque de Caxias.
 
    A OAB-MT apoia a medida adotada pelo CFOAB, pela Seccional da OAB/RJ e Subseção de Duque de Caxias de realizar um ato de desagravo pela atitude tomada contra a colega, convocado para a próxima segunda-feira (17), a ser realizado na entrada do Juizado de Duque de Caxias. 
 
    Conforme relato da OAB/RJ, nos vídeos que circularam no grupo de Whatsapp, é possível ver a advogada sentada à mesa de audiências requerendo a presença de delegado da Ordem, sendo confrontada pela juíza leiga, que solicita que aguarde do lado de fora da sala de audiência, o que é negado pela patrona. A advogada insiste em permanecer sentada até que algum representante da OAB/RJ esteja presente, e a juíza então informa que notificará a polícia para a sua retirada. No último vídeo, a advogada está algemada, sentada no chão da sala de audiências, próxima à porta, cercada por policiais militares, afirmando diversas vezes que só quer exercer “o direito de trabalhar".
 
    “A Comissão de Prerrogativas da OAB/RJ, em conjunto com a OAB/Duque de Caxias e a OAB Mulher, atuou em mais um caso revoltante nesta segunda-feira dia 10. Uma advogada da subseção de Duque de Caxias foi algemada em pleno exercício profissional. Nada justifica o tratamento dado à colega, que denota somente a crescente criminalização de nossa classe. Iremos atrás de todos os que perpetraram esse flagrante abuso de autoridade. Juntos somos fortes”, afirmou o presidente da comissão, Luciano Bandeira.
 
 
Com OAB/RJ
 
 
 
Assessoria de Imprensa OABMT
imprensaoabmt@gmail.com
(65) 3613-0929
www.twitter.com.br/oabmt
www.facebook.com.br/oabmatogrosso

Facebook Facebook Messenger Google+ LinkedIn Telegram Twitter WhatsApp